Aguarde...

SAÚDE QUE SE VÊ

Museu PO.RO.S de Condeixa-a-Nova expõe 200 obras de pessoas com deficiência

LUSA
17-10-2019 16:34h

Uma exposição com mais de 200 obras de expressão plástica de pessoas com deficiência é inaugurada na sexta-feira no Museu PO.RO.S Portugal Romano, em Condeixa-a-Nova, distrito de Coimbra, foi hoje anunciado pelo município local.

Patente até dezembro, a mostra CRIDEM é composta por uma seleção de trabalhos "de maior valia artística de entre as mais de 200 obras, de várias expressões artísticas, submetidas por 68 instituições de todo o país ao concurso de caráter bienal", refere um comunicado da autarquia enviado à agência Lusa.

Segundo a nota, o projeto CRIDEM (Concurso Nacional de Obras de Expressão Plástica de Pessoas com Deficiência Intelectual) nasceu em 1991 pela mão da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) com o objetivo de ver reconhecidas as capacidades artísticas das pessoas com deficiência.

A exposição itinerante, que já passou pelo Porto e Lisboa, é organizada em conjunto entre a Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova, a APPACDM do Porto, a Fundação Manuel António da Mota e a Fundação Montepio.

O PO.RO.S - Portugal Romano em Sicó é um espaço museológico que permite ao visitante "experimentar e interagir com ambientes virtuais da época romana", ajudando a recriar o modo de vida da vizinha Conímbriga, uma das maiores povoações do Império Romano em Portugal, através de inovadores sistemas multimédia.

O museu inaugurado em maio de 2017 e que custou 4,5 milhões de euros recebeu, até ao início do mês, 37.266 visitantes, dos quais 30% são estrangeiros.

MAIS NOTÍCIAS