Aguarde...

SAÚDE QUE SE VÊ

Centro Hospitalar da Cova da Beira integra plano para melhorar resposta aos reclusos

LUSA
09-10-2019 13:45h

O Centro Hospitalar Universitário da Cova da Beira (CHUCB) assinou com organismos nacionais protocolos que visam tornar mais eficaz e rigorosa a prestação de cuidados de saúde à população reclusa dos estabelecimentos prisionais da Covilhã, Castelo Branco e Guarda.

Em nota de imprensa enviada hoje à agência Lusa, esta unidade de saúde sediada na Covilhã, distrito de Castelo Branco, explica que os protocolos foram firmados com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) e com a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

Segundo a nota, pretende-se "melhorar a acessibilidade e garantir um acompanhamento de saúde mais próximo e constante, reduzindo a possibilidade de ocorrência de situações adversas, tais como o risco de contração de doenças" na população em causa.

"Os protocolos agora firmados visam garantir a partilha de informação clínica entre os referidos estabelecimentos prisionais e o CHUCB através dos sistemas informáticos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), assegurando estes a devida confidencialidade, proteção de dados e demais questões relacionadas com a cibersegurança", acrescenta.

O CHUCB também refere que, "para além de acompanhamento presencial, esta colaboração institucional contempla ainda o recurso à telemedicina e estabelece o CHUCB como entidade hospitalar referência do SNS no âmbito da infeção pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH) e das hepatites virais, para a população reclusa da Covilhã, Castelo Branco e Guarda".

MAIS NOTÍCIAS